quarta-feira, 4 de setembro de 2013

11 palavras que não possuem tradução

http://catracalivre.com.br/geral/design-urbanidade/indicacao/11-palavras-que-nao-podem-ser-traduzidas/


Blog faz lista com vocábulos que só têm sentido em suas línguas nativas


Interessantíssimo. Tanto para antropologia do consumo quanto para semiótica:
Palavras que não possuem tradução por serem de outras culturas: (com a contribuição de Caio Figueiredo)

1-Waldeinsamkeit (Alemanha): Medo de estar sozinho em uma floresta

2-Cualacino (Itália): A marca que é deixada na mesa por um copo gelado

3-Iktsuarpok (Inuítes indígenas dos árticos do Canadá): Ansiedade que faz a pessoa toda hora sair da casa para ver se alguém está chegando.

4-Komorebi (Japão): A iluminação que passa pelas folhas de árvores

5-Pochemuchka (Rússia): Quem faz muita pergunta

6-Sobremesa (Espanha): A conversa com as pessoas com que você almoçou/jantou depois de fazê-lo.

7-Jayus (Indonésia): Uma piada tão ruim e pobre que a pessoa chega a rir

8-Panapo'o (Havaí): O ato de coçar a cabeça para se lembrar de algo esquecido

9-Dépaysement (França): Um sentimento que dá por não se estar em seu país

10-Goya (Urdu [língua indo-européia formada por influência da língua persa, turca e árabe da época do Império Mongol]): A sensação de viajar por influência de uma boa história

11-Mangata (Suécia): A rota vinda do reflexo da lua na água

3 comentários:

  1. http://www.megacurioso.com.br/comunicacao/39467-17-palavras-de-outros-idiomas-que-nao-possuem-traducoes-literais.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei as novas palavras. Prozvonit...sempre fazem comigo. E, novamente, os alemães são insuperáveis: Drachenfutter é genial!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir